quinta-feira, agosto 16, 2018

Canção para os dias de sereno.



Achei melhor deixar tudo anotado
talvez seja melhor assim 
para vocês não se esquecerem de nada...

Achei melhor escrever tudo embolado
para fingir que sou poeta
mas na verdade eu queria ser engraçado...

Lembra de mim quando a gente fazia de conta
que um dia a gente iria fazer a diferença
mas diferente mesmo foi a forma que fomos dormir

Deixa pra pensar em mim quando estiver chorando
e se surpreenda com o sorriso de canto
quando lembrar das piadas ruins que eu adorava fazer.

Faça de conta que estou contigo
quando precisar daquele conselho cretino
que eu te dava pra tentar ajudar.

Inventa que sou que fiz o seu jantar
quando você estiver naqueles dias
de não querer cozinhar.

Nos dias chatos de chuva,
de olhos fechados, escolha um seriado qualquer
se for ruim diga que foi eu quem escolhi.

Acho melhor esquecer dos dias que te fiz chorar
pois de agora em diante não poderei mais me desculpar
então segue adiante, acredite, não posso voltar.

Também acho melhor esquecer do meu nome em suas orações
você sabe muito bem que pra mim não adiantaria,
te deixaria com raiva de tanta verdade.

Lembra da minha forma de falar
nos dias que você quiser ficar calada
ouça minha voz mesmo que silenciada para sempre.

Deixa pra sorrir
quando lembrar do que deixei aqui
Sempre escrevi errado, por linhas certas.

É melhor deixar escrito
Já que eu não sei me despedir
arriscado a gente rir no momento de chorar.

.rm


quarta-feira, junho 13, 2018

Vida que segue...



Sem saber o que somos,
fomos um para o outro
poeira na existência
impregnados de sentimentos.

Como se não bastasse 
a vida ser tão desatinada 
a gente não viu nossos laços desatar
foi a hora da âncora se despedir da corda.
Era mais fácil dizer: fica!

mas do que adianta ficar quando a vida segue, 
não quero seguir pegadas,


dessa vez fiquei para trás.

A mente sábia, 

sabe que o rumo é sem rancor

o coração entende
quando a dor edifica o bem.

Vida que segue


Vida que cega
Vida que salva
Vida que se erga.





sexta-feira, fevereiro 17, 2017

Caminho(s)




As vezes a gente se perde,
e muita vezes nem quer voltar
as vezes a gente se acha,
mas não quer se encontrar.

O caminho não foi escolhido,
a vida não foi a que pedimos,
os sorrisos não são verdadeiro
de verdade mesmo a vontade de chorar.

Os pensamentos surgem alto,
mas não voam,
Os pássaros não passaram de farsas,
sem rumo não há caminho.

Hoje é dia de voltar pra casar,
mas não é dia de voltar pro lar,
palavras serão ouvidas 
mas não serão entendidas.

Talvez seja hora de parar,
qualquer lugar é perto
para quem está perdido,
para quem perdeu.

E a gente vive
mesmo sem verve,
fingir sorrir é mais fácil
do que fingir chorar.

Arruma um rumo
arruma a mala
a viagem é só de ida
pensamento sem escala.



.rm

sexta-feira, agosto 12, 2016

.passagem


O tempo passa tão rápido, 
diante de nossos olhos sentimentos correm,
Já não somos tão jovens, tudo está distante,
pessoas ficam para trás,
pessoas correm diante da gente, 
paisagens reversas, o passado passando,
enquanto corremos, sem rumo,
para onde iremos agora?
O tempo é o que mais perdemos tentando ganhar,
para onde correremos agora?
Não há tantas escolhas, pois não somos mais tão jovens,
Era pra ser mais fácil não era?
As portas se fecham, caem umas sobre as outras,
como peças de dominó.
O que faremos agora?
Nossas crianças já cresceram, não sentimos mais a mesma coisa,
Nós fizemos nossa fé ser perder pelo caminho.
Em quem acreditaremos agora?
Nossas tentativas falharam, ninguém fará nada por nós,
sonhos espedaçados em um chão de espelhos.
O que esperar agora?




.rm

segunda-feira, junho 08, 2015

.som



Amizade nascida em ruas e várzeas
ou em casinha de bonecas,
trazem em comum um arranjo,
reverbera ao longo da vida,
ecoa melodias imperfeitas,
trazendo o som da paz.
Amigos são notas
Amizade é afinação
ainda quando fora do mesmo campo harmônico,
Amizade é música
Amigos são instrumentos,
ainda quando se sobe o tom.
Amigos são vitrolas,
amizade é vinil,
ainda quando se precisa trocar a agulha.
Amizade é show
Amigos são sons.
A vida é música.

.rm

sexta-feira, janeiro 30, 2015

Nosso.



Você já reparou
quantas cores tem o céu
quando estamos juntos?
Você percebeu que o tempo se transforma
e tudo em nossa volta gira devagar?
As janelas se abrem por onde passamos
e na verdade nem nos damos conta disso.
Mesmo na escuridão não existe céu ou inferno,
não podemos deixar que nossas mãos se soltem,
Nossos medos são apenas desculpas,
desculpas para nos apoiarmos um no outro.
Transformamos o mundo na nossa varanda,
e ganhamos território a cada dia,
nos tornamos donos das nossas escolhas.
Nossos corpos mimetizam nossos sentimentos,
exalando a cumplicidade que encontramos no meio do caminho.
Ouça essa música, ela tocará pra sempre em nossos corações,
sinta esse cheiro, deguste esse beijo,
pois assim será pelo resto de nossas vidas,
até onde o que for eterno durar...
Nos realizamos, um no outro, mesmo sozinhos,
sem fórmulas perfeitas, sem a busca da perfeição,
talvez nem estávamos a procura disso tudo.
Acredite em mim, fizemos tudo errado,
por isso que deu certo,
as portas foram abertas pelos nossos desejos,
acredite em mim, acertamos.
Em meio tantas histórias que escrevemos juntos,
a mais bonita escreveremos sempre que o sol nascer,
sem medo de apagar e começar tudo de novo.
Tudo isso é nosso.
Acredite em mim, em nós!


(homenagem à minha doce Marysol)

quarta-feira, novembro 12, 2014

Espaço




Não é fácil não
passa tão rápido,
quase na velocidade da luz
que não sobra espaço entre você e eu.

Estranho que ainda ouço vozes
como se o som se propagasse
no espaço que ficou entre nós dois
como se ainda houvesse alguma ligação.

Vejo vultos a todo instante,
personagens que vem e vão,
lembranças que vêm em vão,
como cartas em branco.

Parados no tempo, não verbal
entre mudanças deixadas
vidas passadas a limpo
observações comuns de quem vê o final.

A vela se apaga com o mesmo vento
que alimenta  a fogueira
pontos de vistas egoístas
egos alimentados por um prato vazio.